CONIRPI REALIZA ASSEMBLÉIA GERAL E REUNIÃO DO CONSELHO FISCAL EM INDAIATUBA PARA DISCUTIR AÇÕES PARA O ANO DE 2023

  • Redatores: Departamento de Comunicação Social (DCS-Saae)
  • Release N.º: 1547 – 19/12/2022
admin | SAAE | Indaiatuba -SP

Indaiatuba sediou na terça-feira (23) a 2ª Assembleia Geral Ordinária e 2ª Reunião do Conselho Fiscal do Consórcio Intermunicipal do Ribeirão Piraí (CONIRPI) de 2022, responsável pela obra da barragem do Ribeirão Piraí. O encontro foi realizado na Prefeitura Municipal de Indaiatuba de forma presencial e remota. Contando com a participação do Prefeito de Indaiatuba e Presidente do Consórcio Nilson Gaspar, do Prefeito de Salto Laerte Sonsin, Ernivan Balieiro  e Alison Bressiano do Saae de Salto , da Superintendente do CONIRPI Vanessa Kühl, do Superintendente Pedro Claudio Salla, Reinaldo A. Araujo e Vanessa Locatelli do Saae de Indaiatuba, Ana Paula M. Regra e Glaucia Cristiana e Sousa pela prefeitura de Cabreúva, os vereadores Alexandre Carlos Peres por Indaiatuba, José Benedito de Carvalho “Macaia” e Vinícius Saudino de Moraes por Salto, Normino José de Oliveira e Luis de Oliveira de Itu, Vinícius Saudino de Moraes e José Benedito de Carvalho por Salto, Luisinho Silveira e Normino José de Oliveira por Itu, . Participaram de forma remota Francisco Moschini e Lucas André representantes do prefeito de Itu, Karol Monaro diretora do Saae, Cesar Wulk contador do CONIRP, Paulo Gennari tesoureiro do CONIRP, José R. Siqueira do Sindicato Rural de Salto e Tatiana Queiroz representante de Eduardo Queiroz Sociedade Individual de Advocacia.

No encontro foi discutida a Lei Orçamentaria Anual (LOA 2023), o Plano de Trabalho, informações sobre a licitação da construção da Barragem e próximas licitações, informações sobre os Imóveis desapropriados, Licenciamento Ambiental além de outros assuntos pertinentes a obra.

A obra que deve ter início ainda no primeiro semestre do ano de 2023 irá atender os municípios de Indaiatuba, Itu, Salto e Cabreúva, regularizando a vazão do manancial e garantindo sua captação durante o ano todo, inclusive nos períodos de estiagem.

Essa 1ª Etapa – prevê a construção do maciço de terra, vertedouro, escada de peixes, canal de dissipação e desvio, torre e a limpeza da área para garantir a reservação (até as proximidades da fazenda Piraí) e a 2ª Etapa – prevê a construção da adutora para Salto, estação de captação e adução e sistema de transposição de peixes, Dique de contenção para a fazenda Piraí e travessia.

O maciço da barragem será construído na divisa entre Indaiatuba e Salto, alagando uma área que irá até Cabreúva, armazenando aproximadamente 9,7 bilhões de litros de água com 15 metros de altura, 415 metros de comprimento, 90 metros de base do talude regularizando a vazão do manancial, garantindo a captação de água durante o ano todo, inclusive nos períodos de estiagem. A obra conta com recursos financeiros dos Governos Federal e Estadual.

O CONIRPI é composto por representantes dos municípios de Indaiatuba, Itu, Salto e Cabreúva, instalado solenemente no dia 12 de junho de 2003. Sua finalidade é planejar, adotar e executar planos, programas e projetos destinados a acelerar o desenvolvimento socioeconômico e ambiental da região, além de promover programas ou medidas destinadas à recuperação do meio ambiente das quatro cidades consorciadas, com atenção especial ao Ribeirão Piraí.

 

 

 

 

 

 



Abra chat
1
Precisa de ajuda?
Somente emitimos 2a. via que não consta no site, antes verifique no menu SERVIÇOS ON-LINE, 2a. via. Obrigado