SAAE DESPONTA EM 1º LUGAR COMO AUTARQUIA NO PROJETO ACERTAR

  • Redatores: Departamento de Comunicação Social (DCS-Saae)
  • Release N.º: 1548 – 20/12/2022
admin | SAAE | Indaiatuba -SP

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) de Indaiatuba, lidera o ranking dos 10 melhores prestadores de serviços de água e esgoto dos municípios associados, como Autarquia Municipal, que finalizaram o 2º ciclo da metodologia ACERTAR, conduzida no âmbito dos regulados pela Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ). Cumprindo uma exigência legal, os 34 relatórios de certificação foram encaminhados ao Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR).

Dentro do ciclo 2 e com o envolvimento de todos os setores, o Saae de Indaiatuba foi classificado liderando a categoria Autarquia Municipal e ocupando o 4º lugar na pontuação geral.  O critério para a elaboração do ranking com os 10 melhores prestadores foi a utilização da nota média da qualidade das informações obtidas nos eixos confiança/exatidão.

Reconhecimento

Como forma de valorizar a dedicação dos servidores dos prestadores envolvidos, a ARES-PCJ irá premiar, no dia 1 de fevereiro de 2023, os 10 melhores prestadores de serviço que se destacaram. Na ocasião, também haverá o lançamento do 3º Ciclo, com 34 prestadores de serviço.

ACERTAR

A metodologia ACERTAR foi elaborada para permitir procedimentos padronizados de Auditoria e Certificação de informações do Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS), com o propósito de aprimorar os processos de gestão das informações dos prestadores de serviços de saneamento. A iniciativa confere maior confiança no uso de indicadores de desempenho, com impacto relevante no setor de saneamento nacional, trazendo mais profissionalismo e estruturação dos processos.

O ACERTAR é desenvolvido pelas Agências Reguladoras em parceria com a Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) e MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional). A metodologia insere-se no âmbito do Programa de Desenvolvimento do Setor Água (INTERÁGUAS), sendo formalmente instituída pela Portaria Federal nº 719, de 12 de dezembro de 2018.

Trata-se de uma metodologia para padronização e confiabilidade dos procedimentos operacionais de todos os serviços prestados pelos prestadores de serviços de saneamento: Gestão Tributária, Gestão Contábil, Gestão Comercial, Gestão Financeira, Gestão de Ativos e Investimentos, Gestão de Tecnologia da Informação, Recursos Humanos, Suprimento e Compras, Índice de Atendimento, Manutenção de Redes, Processo Operacional, Monitoramento de Energia, Rede de Esgoto, Controle de Qualidade e Controladoria..

Ciclos

O ACERTAR é composto por 5 Ciclos: 1 – Diagnóstico das práticas de auditoria e certificação de informações adotadas por parte das agências reguladoras,  2 – Desenvolvimento de metodologias e elaboração de guias para auditoria e certificação das informações fornecidas pelos prestadores de serviço ao SNIS, 3 – Campanhas piloto para aplicação dos guias em prestadores de serviços, 4 – Elaboração de manual de melhores práticas de gestão de informações destinados aos prestadores de serviços e 5 – Cursos sobre as metodologias propostas para auditoria das informações geradas pelos prestadores de serviços. Foram definidas seis dimensões de análise, quais sejam:

Universalização: Demonstram o grau de cobertura e/ou atendimento da prestação dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário para a população. Funcionam como instrumentos para a introdução e avaliação de políticas públicas no que tange a universalização.

Eficiência: Permitem a avaliação da eficiência dos operadores na prestação dos serviços. Importantes instrumentos para introdução de padrões de desempenho pelas agências reguladoras.

Qualidade: Possibilitam verificar se os padrões mínimos de qualidade dos serviços, estabelecidos pela normatização vigente, são atendidos.

Econômico-Financeiro: Se propõem a analisar a situação econômico-financeira da prestação dos serviços.

Contexto: Itens que são importantes para explicar ou justificar os resultados dos indicadores avaliados nas outras dimensões, porém, fogem à gerência dos prestadores de serviços.

Socioambiental: Análise de aspectos sociais e ambientais, tais como a verificação da existência de procedimentos de faturamento de Tarifa Social e o atendimento a legislações e normatizações ambientais.

Mais informações podem ser obtidas no link: https://www.arespcj.com.br/conteudo/acertar-ares-pcj-conclui-certificacao-de-prestadores-e-premia-os-que-mais-se-destacaram



Abra chat
1
Precisa de ajuda?
Somente emitimos 2a. via que não consta no site, antes verifique no menu SERVIÇOS ON-LINE, 2a. via. Obrigado