Museu da Água e Bosque do Saber promovem oficina de plantio na programação especial de férias

  • Redatores: Marco Matos – DCS Saae
  • Release N.º: 936
essa_DCS6874 siteadmin | SAAE | Indaiatuba -SP

O Museu da Água, em conjunto com a Secretaria Municipal da Educação, através da Escola Municipal Ambiental Bosque do Saber, promove esta semana a oficina com plantio de mudas de tempero como parte da programação especial de férias. A atividade faz parte do Projeto “Mãozinhas na terra”, onde na EMA Bosque do Saber semanalmente são atendidos os alunos da Educação Infantil Etapa II, promovendo o estímulo na descoberta de diferentes formas do nascimento das plantas, o qual está previsto nas ações do Programa Município Verde Azul (PMVA), que apoia a eficiência da gestão ambiental dos municípios.

A atividade que acontece até esta sexta-feira, dia 28, no Museu da Água, às 15 horas, conta com a participação das educadoras do Bosque do Saber que convidam as crianças a plantarem mudas de manjericão em caixinhas, que depois são levadas para casa. Também é distribuído para os país e familiares um folheto com informações dos cuidados necessários para o desenvolvimento saudável da planta. São 30 vagas diárias para crianças até 12 anos.

“É importante essa colaboração entre as instituições voltadas para a educação ambiental, pois, somente com esse esforço conjunto poderemos criar na população uma consciência ecológica forte. “ Comenta o superintendente do Saae, eng. Sandro Coral.

Esta ação conjunta visa desenvolver nas crianças uma consciência ambiental e trazer uma proximidade com a natureza que a vida moderna não proporciona.

ESCOLA MUNICIPAL AMBIENTAL BOSQUE DO SABER

A Escola Municipal Ambiental Bosque do Saber foi inaugurada em 2004 e até hoje é destaque no estudo multidisciplinar do meio ambiente. São atendidos semanalmente os alunos da Rede Municipal de Ensino, os quais participam dos projetos desenvolvidos pelos docentes da Escola. O Bosque possui uma área verde de 11 mil metros quadrados, o qual compreende um orquidário, jardim das borboletas, pomar orgânico, área de piquenique, playground, trilha pela mata nativa, uma bela lagoa, jardim dos beija-flores, horta orgânica, quiosques de leitura e jogos.  O local fica aberto aos finais de semana e feriados para visitas da população no horário das 8h às 17h sem precisar de agendamento. Em algumas datas específicas, são realizados os Domingos Ecológicos com uma programação diferenciada para crianças e adultos, sendo divulgada a data do evento na semana que o antecede através dos meios de comunicação da cidade.

PROGRAMA MUNICIPIO VERDEAZUL

Indaiatuba conquistou a sétima posição na pré-classificação do ranking do Programa Município VerdeAzul. O município ainda garantiu a primeira posição no ranking com a diretiva “gestão das águas”, entre as 606 cidades inscritas. Essa pré-classificação cumpre a meta estipulada pelo prefeito Nilson Gaspar de ficar entre as 20 primeiras cidades do ranking de 2017.

Lançado em 2007, pelo Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, PMVA tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental. A participação no programa também é um dos critérios de avaliação para a liberação de recursos federais.

A participação dos municípios é voluntária e ocorre por meio de um termo de adesão. Assim, o principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado de São Paulo.



Abra chat
1
Precisa de ajuda?
Somente emitimos 2a. via que não consta no site, antes verifique no menu SERVIÇOS ON-LINE, 2a. via. Obrigado