CLAUDINEI APARECIDO DA SILVA É ELEITO FUNCIONÁRIO PADRÃO 2023 DO SAAE

CLAUDINEI APARECIDO DA SILVA É ELEITO FUNCIONÁRIO PADRÃO 2023 DO SAAE

REDATOR: Departamento de Comunicação Social/Colaboração da intérprete de Libras, Debora Ciriaco

DATA:  28/11/2023

N.: 0079/2023

Com 135 dos 292, votos válidos, ele é servidor público há 20 anos e trabalha no setor de obras

Claudinei Aparecido da Silva, 45, há 20 anos servidor público, do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), conquistou o título de Funcionário Padrão 2023, obtido na votação realizada no dia 10 de novembro, com 135 dos 292 votos válidos. Claudinei é funcionário do setor de obras e foi o escolhido, pelos colegas de trabalho, nessa edição do Funcionário Padrão.

A eleição, contou com a participação de outros seis servidores, Arildo Antonio de Araujo, Boris Nogueira, Daniel Amancio, Marcelo Adriano Gonçalves dos Santos, Wendy Cristina Lepinsk e Wilson José Ribeiro Martins.  Claudinei vai receber o título de Funcionário Padrão no dia 9 de dezembro, durante as comemorações do 193º aniversário de Indaiatuba, ele também será agraciado com um cheque no valor, equivalente a 50% do menor padrão de vencimentos.

Indaiatubano, casado e pai de dois filhos, Claudinei, tem sua trajetória marcada não apenas por suas habilidades profissionais, mas também por sua superação pessoal. Portador de deficiência auditiva, Claudinei foi admitido na autarquia, por meio de um concurso público, em 12 de março de 2003, em uma época em que os direitos das pessoas com deficiência não eram tão reconhecidos como hoje.

Na época de sua contratação, não havia leis específicas que beneficiassem Claudinei, mas sua competência e dedicação foram tão evidentes que ele conquistou seu cargo de Oficial de Apoio Operacional há duas décadas. Sua história é um testemunho vivo das mudanças positivas nas leis e normas brasileiras, especialmente o Estatuto da Pessoa com Deficiência, Lei Nacional nº 13.146, de 6 de julho de 2015, que garante e protege os direitos das pessoas com deficiência.

O superintendente do Saae, Eng. Pedro Claudio Salla, destaca a dedicação de Claudinei, enfatizando sua solicitude com os colegas e comprometimento com a autarquia, mesmo diante das adversidades diárias. “Parabéns pelo merecido reconhecimento, Claudinei”, acrescenta Salla.

A entrevista com o “nosso funcionário” padrão, foi realizada na Secretaria Municipal de Relações Institucionais e Comunicação (RIC), com a presença da secretária, Dra. Graziela Milani e da intérprete de Libras, Debora Ciriaco. A administração municipal tem a preocupação de melhorar cada vez mais a acessibilidade, inclusive lançou recentemente, o Censo da Comunidade Surda para que o município possa identificar com assertividade a demanda de pessoas surdas para criação de ações mais assertivas para essa população.

Trajetória

Durante o encontro, Claudinei, contou sua trajetória e revelou que começou graças ao incentivo paterno. “Meu pai, José Tiburcio da Silva (in memoriam), já era funcionário do Saae, e ele me aconselhou a estudar e prestar o concurso público”, conta.

Dentro das atribuições de Claudinei, tem a manutenção hidráulica, o que inclui reparos na rede de água e esgotos, escavações de valas e poços, reaterros, e o manejo de ferramentas. “O dever vem em primeiro lugar”, ensina, Claudinei, que teve o lema transmitido pelo pai.

A surdez, não impede a realização plena das responsabilidades profissionais. Com uma comunicação fluente, seja por gestos ou oralização, ele supera desafios diários. “A maior dificuldade é a comunicação em libras, mas me relaciono bem com todos”, explica. O Saae, consciente da importância da inclusão, oferece suporte adicional quando necessário, incluindo a disponibilidade de intérpretes.

As funções de Claudinei, vão além das valas e dos canos. “Meu trabalho é muito importante, eu lido com serviços essenciais à população”, destaca.  Ele ainda ressalta como a dinâmica de trabalho em equipe no Saae é evidente nas atividades diárias de atendimento externo, e como ele e seus colegas de trabalho, se deslocam pela cidade, para garantir que a água flua e o saneamento não sejam interrompidos.

Ao longo dos anos, a autarquia não apenas apresentou um ambiente propício para o desenvolvimento profissional de Claudinei, mas também se tornou um local para amizades significativas. “Fiz amigos importantes ao longo desses anos, em particular foi muito importante poder trabalhar com meu pai”, revela Claudinei, refletindo sobre os laços construídos no decorrer de sua jornada.

Quando questionado sobre metas futuras, ele expressa o desejo de continuar contribuindo para o serviço público de qualidade. E ao enfrentar desafios semelhantes, oferece um conselho encorajador: “Incentivo a continuar sempre e nunca desistir, mesmo nas dificuldades. Aconselho a prefeitura a ministrar cursos e capacitações em libras para facilitar a inclusão no ambiente de trabalho,”

E ao finalizar a entrevista, Claudinei, divide um pensamento: “Gostaria que meus colegas se interessassem pelo aprendizado das libras. Seria muito bom se todos tivessem esse conhecimento, mesmo que a nível básico”, pede.

 

Fotos: DCS/Saae

 Legenda: Entre as atribuições de Claudinei, tem manutenção hidráulica e reparos na rede de água e esgotos

 

Legenda: Claudinei, divide um pensamento: “Gostaria que meus colegas se interessassem pelo aprendizado das libras